Ruta 40 - Aventura em dez dias

Ruta 40 - Aventura em dez dias
Clique na foto para ir ao comentário - Resumo da viagem

Ruta 40 - Perito Moreno - Esquel - dia 09.09.2009

Saímos Hoje às 09:30 hs. pois estavamos esperando o conserto do pneu da KTM do Alex. Como o borracheiro só chegaria perto das 10:30 hs, começamos a andar. O Chakal e ficaram aguardando o João Arthur.
Laury

A estrada foi muito legal. Vejam as fotos

André


Vicente
Barão e Deboni

João
Chegada em Esquel

Esquel é uma cidade do noroeste da província de Chubut, na Argentina, que se encontra localizada Futaleufú nenhum departamento.

É a maior e mais importante cidade da Cordilheira de Chubut, importante centro de serviços. Os habitantes de Esquel, Esquelenses denominados, Vivem basicamente do comércio local mas principalmente do turismo, TENDO maiores atrações como o Parque Nacional Los Alerces ea Estação de esqui La Hoya.

Toponímia
O nome é ORIGINÁRIO Esquel do som pronunciado pelos habitantes tsonek denominar para uma característica da flora local, composta de muitos arbustos espinhentos, como o Berberis buxifolia, que origina uma fruta Calafate. Porém, a vegetação local é predominantemente constituída de várias e fagaceaes bosques úmidos e frios, cobertos por coníferas e caducifolio.

A cartografia do Século XIX Frequentemente nomeava o Esket como local e suas variáveis, por ser uma forma como pronunciavam os tehuelches, habitantes mais antigos da região.

História
A cidade não Possui ata de fundação, TENDO sua Oficializada em dados de 25 de fevereiro de 1906, quando Medardo instalar Decidiu Morelli nenhum local uma estação de comunicações telegráficas. O fator principal de seu nascimento é a chegada de colonos GALESES um Chubut a partir de 1865. Inicialmente, nasceu como extensão ocidental da Colonia 16 de Octubre (Colonia de 16 de outubro), Cujo ponto central estava localizado a 25 km ao sul, onde atualmente se encontra a cidade de Trevelin, que significa povo em GalÊs do Moinho, em virtude do Moinho "Los Andes", que funcionou ali.

A cidade de Esquel é a principal do departamento de chubutense Futaleufú, localizada em um fértil e ameno vale, sobre as margens do Riacho Esquel, rodeada pelos morros Nahuel Pan, La Zeta, La Cruz, 21 e Cerro La Hoya, esse último conhecido pela Estação de esqui de mesmo nome, que conta com neve de excelente qualidade e quantidade que dura até a entrada da primavera, entre muitos lagos glaciais existentes em suas Imediações, sendo o mais próximo e famoso O Lago La Zeta. A algumas dezenas de quilômetros a oeste se encontra uma entrada principal do Parque Nacional Los Alerces.

Segundo o último senso do governo argentino, a cidade conta com um total de 28,486 habitantes, sendo uma das cidades com maior taxa de crescimento vegetativo do país.

O povo local Luta contra a construção de uma mina para explorar ouro a céu aberto, Cujo processo demandaria de uma grande quantidade de cianureto e milhões de litros de água por dia para o separar das rochas metal, provocando uma contaminação das águas de forma permanente e irremediável.

Clima
A cidade tem um clima frio com precipitações escassas, da ordem de 400 milímetros anuais. O verão é seco e temperaturas amenas com, sendo os dias mais quentes podendo Atingir até máximas de 32 ° C. O inverno é a temporada mais chuvosa, sobretudo no mês de junho e com temperaturas muito baixas, com média das mínimas temperatudas de cerca de -3 ° C, sendo normal a ocorrência de nevascas. Quanto aos extremos, no verão a temperatura pode chegar até 32 ° C e no inverno a -20 ° C. As estações climáticas da primavera e outono costumam ser frias, mas muito variáveis.

Atrações Turísticas
Sendo uma cidade com grande parte da economia Diretamente ligada ao turismo, Esquel Possui atrações turísticas variadas. Além do Parque Nacional Los Alerces e da Estação de esqui La Hoya, outra grande atração da cidade é um trem "Maria-Fumaça", conhecida como La Trochita e mundialmente famoso por ser o único em funcionamento ainda. O trem ainda é conservado com praticamente todas as peças originais para que os turistas tenham uma exata sensação de como eram antigamente esses trens. A rota sai do pequeno povoado de Nahuel Pan, próximo ao vulcão de mesmo nome e seguia até Buenos Aires, formando parte da rota conhecida como Ferrocarril General Roca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visita por países desde 11.12.2009


comprar e vender